Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

Qual É o Papel da Emoção na Vida?


Como é que surgem as emoções? É muito simples. Elas surgem através de estímulos, através dos nervos. Se alguém me picar com um alfinete, eu dou um salto; se alguém me elogiar, fico deliciado; se alguém me insultar, fico aborrecido. As emoções ganham existência através dos nossos sentidos. E muitos de nós funcionam através da emoção do prazer; obviamente, meu senhor. Você gosta de ser reconhecido como um Hindu. E portanto, você pertence a um grupo, a uma comunidade, a uma tradição, por mais antiga que seja, e você gosta disso, do Gita, dos Upanishades e as velhas tradições amontoam-se. E o Muçulmano gosta das suas tradições e assim por diante. As nossas emoções ganharam existência através de estímulos, do ambiente que nos envolve, e assim por diante. É bastante óbvio.

Qual é o papel da emoção na vida? Será que a emoção é vida? Compreendem? Será que o prazer é amor? Será que o desejo é amor? Se a emoção é amor, existe algo que está permanentemente a mudar. Certo? Não sabem já tudo isto?

... Portanto, temos de compreender que as emoções, o sentimento, o entusiasmo, o sentimento de ser bom, e tudo isso não tem absolutamente nada que ver com a afeição verdadeira, com a compaixão. Todos os sentimentos, emoções, têm que ver com o pensamento, e portanto conduzem ao prazer e à dor. No amor não há nenhuma dor, nenhuma tristeza, porque ele não é o resultado do prazer ou do desejo.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics