Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

O que Entendem por Karma?


O karma implica a causa e o efeito, não é verdade? — a acção baseada numa causa, que produz um certo efeito; a acção que nasce do condicionamento, que produz mais resultados. E serão a causa e o efeito estáticos, serão alguma vez fixos? Não é verdade que o efeito também se torna uma causa? Portanto, não há nenhuma causa fixa nem nenhum efeito fixo. Hoje é o resultado de ontem, não é assim? Hoje é o desenlace de ontem, tanto em termos cronológicos como em termos psicológicos; e hoje é a causa de amanhã. Portanto a causa é efeito, e o efeito torna-se causa — é um único movimento contínuo... não existe nenhuma causa fixa nem nenhum efeito fixo. Se houvesse uma causa fixa e um efeito fixo, haveria especialização; e não é a especialização a morte? Qualquer espécie que se especialize chega, obviamente, a um fim. A grandeza do homem é que ele não se pode especializar. Pode fazê-lo em termos técnicos, mas não em termos estruturais. Uma semente de bolota é especializada — não pode ser nada senão aquilo que é. Mas o ser humano não acaba completamente. Existe a possibilidade de uma renovação constante; ele não se encontra limitado pela especialização. Enquanto olharmos para a causa, para o fundo, para o condicionamento, como algo que não está relacionado com o efeito, haverá sempre conflito entre o pensamento e o fundo. Por conseguinte, o problema é muito mais complexo do que a questão de se acreditar ou não na reencarnação, porque a questão é como agir, e não se acreditamos na reencarnação ou no karma. Isso é absolutamente irrelevante.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics