Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

Esta Atenção sem Escolha


Os grandes profetas sempre nos disseram para adquirirmos experiência. Disseram-nos que a experiência nos traz a compreensão. Mas é apenas a mente inocente, a mente que não está nublada pela experiência, que está totalmente liberta do passado — é apenas uma mente assim que pode perceber o que é a realidade. Se vocês forem capazes de ver a verdade disso, se o conseguirem perceber por uma fracção de segundo, conhecerão a extraordinária clareza de uma mente que é inocente. Isto significa a dissolução de todas as incrustações da memória, que é o abandono do passado. Porém, para o perceber, não pode colocar-se a questão do «como». A vossa mente não se pode distrair com o «como», com o desejo de uma resposta. Uma tal mente não é uma mente atenta. Como vos disse anteriormente, no princípio está o fim. No princípio está a semente do fim daquilo a que chamamos tristeza. O fim da tristeza é compreendido na própria tristeza, não na distância da tristeza. Afastarmo-nos da tristeza é tão-somente encontrar uma resposta, uma conclusão, uma fuga; mas a tristeza permanece. Ao passo que se lhe derem total atenção, o que significa estarem atentos com todo o vosso ser, então poderão ver que se verifica uma percepção imediata que não envolve tempo, nem esforço, nem conflito; e é esta percepção imediata, esta atenção sem escolha que põe fim à tristeza.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics