Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

Encarar a Tristeza


De que forma é que vocês encaram a tristeza? Receio bem que a maioria de nós a encare com muita superficialidade. A nossa educação, o nosso treino, o nosso conhecimento, as influências sociais a que estamos expostos, tudo isso nos torna superficiais. Uma mente superficial é aquela que foge para a igreja, para algum tipo de conclusão, de conceito, para alguma crença ou ideia. Tudo isto são refúgios para a mente superficial que está imersa na tristeza. E se vocês não conseguirem encontrar um refúgio, constroem um muro em torno de vós mesmos e tornam-se cínicos, duros, indiferentes, ou escapam através de alguma reacção fácil e neurótica. Todas essas defesas contra o sofrimento impedem uma investigação mais profunda...

Por favor, observem a vossa mente; observem como dão satisfações acerca das vossas tristezas; como se entregam ao trabalho, às ideias, ou se agarram a uma crença em Deus, ou numa vida futura. E se nenhuma explicação, nenhuma crença foi satisfatória, tentam escapar através da bebida, do sexo ou ao tornarem-se cínicos, duros, amargos, irritadiços... Geração após geração, isto tem sido passado de pais para filhos, e a mente superficial nunca tira a ligadura dessa ferida; ela não sabe realmente, não conhece verdadeiramente a tristeza. Tem uma imagem, um símbolo da tristeza, mas nunca a encara — encara apenas a palavra tristeza.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics