Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

Devemos Ter Bons Sentimentos


No mundo moderno, onde existem tantos problemas, facilmente se perdem os bons sentimentos. Ao usar a palavra sentir não me estou a referir ao sentimento, à emotividade, à mera excitação, mas àquela qualidade de percepção, à qualidade de ouvir, de escutar, à qualidade de sentir um pássaro a cantar na árvore, o movimento de uma folha ao sol. Sentir as coisas com intensidade, profundamente, de forma penetrante é muito difícil para a maioria de nós, porque nos defrontamos com tantos problemas. Tudo aquilo em que tocamos se transforma num problema. E. aparentemente, não há um fim para os problemas do homem, e ele parece completamente incapaz de os resolver, porque quantos mais problemas ele tiver, menor será a sua capacidade para sentir.

Quando digo «sentir», refiro-me à apreciação da curva de um ramo, da sordidez, da sujidade de uma estrada, ser sensível à tristeza de outra pessoa, estar num estado de êxtase quando se vê um pôr-do-sol. Não se trata de sentimentos, de meras emoções. Emoção e sentimento ou sentimentalismo transformam-se em crueldade, podem ser usados pela sociedade; e quando há sentimento, sensação, então tornamo-nos escravos da sociedade. Mas devemos ter bons sentimentos. Sentir a beleza, sentir uma palavra, o silêncio entre duas palavras, ouvir um som claramente — tudo isso dá origem ao sentir. E devemos ter sentimentos fortes, porque são somente os sentimentos que tornam a mente altamente sensível.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics