Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

A Percepção Actua


Vocês vêem e eu não vejo — por que é que isto acontece? Penso que tal acontece porque estamos embrenhados no tempo; vocês não vêem as coisas no tempo, e eu vejo. O vosso ver é uma acção de todo o vosso ser, e o vosso ser total não se encontra apanhado no tempo; vocês não pensam em termos de uma chegada gradual; vêem algo de forma imediata, e essa mesma percepção tem uma ação. Eu não vejo; quero descobrir porque não vejo. O que é que me permitirá ver algo na sua totalidade de forma a que eu possa compreender esse algo de imediato? Vocês vêem toda a estrutura da vida; a beleza, a fealdade, a tristeza, a alegria, a extraordinária sensibilidade, a beleza — vocês vêem a coisa na sua totalidade, e eu não consigo vê-la. Vejo uma parte dela, mas não vejo a sua totalidade... O homem que vê algo na sua totalidade, que vê a vida na sua totalidade, está, obviamente, fora do tempo. Senhores, ouçam bem isto, porque isto tem realmente algo que ver com a nossa existência diária. Se compreendermos isto, então compreenderemos a nossa rotina, o nosso tédio, as tristezas, as ansiedades nauseantes e os medos que preenchem o nosso dia-a-dia. Portanto, não afastem este assunto dizendo: «O que tem isto que ver com a nossa existência diária?» Tem realmente que ver com ela. Podemos ver — pelo menos para mim é muito claro — que é possível cortar, como faz o cirurgião, toda a corda do sofrimento de forma imediata. É por isso que eu quero investigar este assunto convosco.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics