Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

A Libertação do Medo


Será possível para a mente esvaziar-se completamente do medo? Qualquer tipo de medo alimenta a ilusão; torna a mente embotada, rasteira. Onde existe o medo, não pode haver, como é óbvio, liberdade, e sem liberdade não há amor. E a maioria de nós tem alguma forma de medo; medo do escuro, medo da opinião pública, medo de cobras, medo da dor física, medo da velhice, medo da morte. Temos, literalmente, milhares de medos. E será possível estarmos completamente livres do medo? Podemos observar o que o medo faz a cada um de nós. Faz com que digamos mentiras; corrompe-nos de diversas formas; torna a mente vazia, superficial. Existem cantos escuros na mente que nunca poderão ser investigados e expostos enquanto tivermos medo. A autoprotecção física, a urgência instintiva de nos mantermos afastados de uma cobra venenosa, de um precipício, de evitarmos ser atropelados pelo autocarro, e assim por diante, é saudável e normal. Mas eu estou a colocar a questão da autoprotecção psicológica que nos faz temer a doença, a morte, um inimigo. Quando procuramos qualquer forma de preenchimento, quer seja através da pintura, da música, da relação, ou do que se quiser, existe sempre medo. Portanto, o que é importante é estarmos conscientes de todo este processo de nós mesmos, observar, aprender acerca dele, e não perguntarmos como é que nos podemos ver livres do medo. Quando apenas desejamos ver-nos livres do medo, encontramos formas e meios de lhe escaparmos, e assim nunca poderá haver a libertação do medo.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics