Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

A Felicidade Não É Sensação


A mente nunca poderá encontrar a felicidade. A felicidade não é algo que se possa procurar e encontrar, como uma sensação. A sensação pode ser encontrada uma e outra vez, pois estamos constantemente a perdê-la; mas a felicidade não pode ser encontrada. A felicidade lembrada é apenas uma sensação, uma reacção no ou contra o presente. Aquilo que passou não é felicidade; a experiência da felicidade que passou é sensação, porque a recordação é o passado, e o passado é sensação. A felicidade não é sensação... O que vocês conhecem é o passado, não o presente; e o passado é sensação, reacção, memória. Vocês lembram-se de que foram felizes; e poderá o passado dizer o que é a felicidade? Ele pode recordar, mas não pode ser. O reconhecimento não é felicidade; saber o que é ser feliz não é felicidade. O reconhecimento é a resposta da memória, e poderá a mente, o complexo de memórias, experiências, alguma vez ser feliz? O próprio reconhecimento impede o experimentar. Quando vocês tomam consciência de que estão felizes, isso é felicidade? Quando há felicidade, vocês têm consciência disso? A consciência só vem com o conflito, o conflito da lembrança do que é mais. A felicidade não é a lembrança do que é mais. Onde há conflito, não há felicidade. O conflito é onde está a mente. O pensamento é a todos os níveis a resposta da memória, e portanto o pensamento gera invariavelmente o conflito. O pensamento é sensação, e a sensação não é felicidade. As sensações estão sempre em busca de satisfações. O objectivo é a sensação, mas a felicidade não é um objectivo; ela não pode ser procurada.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics