Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

A Atenção é Ilimitada, Sem Fronteiras


No que se refere ao desenvolvimento da mente, não devíamos colocar a ênfase na concentração, mas antes na atenção. A concentração é um processo no qual a mente é forçada a focar-se num único ponto, ao passo que a atenção não tem fronteiras. Nesse processo, a mente fica sempre limitada por uma fronteira, mas quando estamos interessados em compreender a totalidade da mente, a mera concentração torna-se um impedimento. A atenção é ilimitada, não tem as fronteiras do conhecimento. O conhecimento vem com a concentração, e qualquer extinção de conhecimento está ainda dentro das suas fronteiras. No estado de atenção, a mente pode usar e usa o conhecimento, o qual é por necessidade o resultado da concentração; mas a parte nunca é o todo, e juntar as muitas partes não ajuda a ter a percepção do todo. O conhecimento, que é o processo de adição da concentração, não faz nascer a compreensão do imensurável. O total nunca está dentro dos limites de uma mente concentrada.

Assim, a atenção é de uma importância primordial, mas não vem através do esforço da concentração. A atenção é um estado no qual a mente está sempre a aprender sem um centro em torno do qual o conhecimento se vai avolumando sob a forma de experiência acumulada. Uma mente que está concentrada em si mesma usa o conhecimento como um meio para a sua própria expansão; e uma tal actividade torna-se contraditória em relação a si mesma e anti-social.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics