Sugestão
Subscribe to the Subscribe
And/or subscribe to the Daily Meditation Newsletter (Many languages)

Meditação Diária com Krishnamurti


pixabay.com

Para se Subir Alto, Tem de Se Começar por Baixo


As organizações religiosas tornam-se tão fixas e rígidas quanto os pensamentos daqueles que pertencem a elas. A vida é uma mudança constante, um contínuo vir a ser, uma revolução sem fim, e como uma organização nunca pode ser flexível, ela atravanca o caminho da mudança; torna-se reaccionária para se proteger. A busca da verdade é individual, não congregacional. Para se estar em comunhão com o real, tem de se estar só; não estou a querer dizer que se tem de estar isolado, mas liberto de toda a influência e opinião. As organizações do pensamento tornam-se inevitavelmente impedimentos ao pensamento.

Como vocês sabem, a avidez de poder é quase inesgotável numa assim chamada organização espiritual; esta avidez é encoberta por todo o tipo de palavras doces e evocativas de algo oficial, mas o cancro da avidez, do orgulho, do antagonismo é alimentado e partilhado. A partir daqui crescem o conflito, a intolerância, o sectarismo e outras manifestações muito pouco bonitas. Não seria mais sensato ter pequenos grupos informados de vinte ou vinte e cinco pessoas, sem deveres de membro, que se encontrassem onde lhes fosse mais conveniente para discutirem amavelmente a aproximação à realidade? Para evitar que qualquer dos grupos se tornasse elitista, cada membro podia, de tempos a tempos, encorajar e talvez juntar-se a outro pequeno grupo; assim, ele seria aberto, em vez de estreito e paroquial.

Para se subir alto, temos de começar por baixo. A partir deste pequeno começo, podemos ajudar a criar um mundo mais são e feliz.

© 2016 Copyright by Krishnamurti Foundations


                         Diaspora      rss 

Exceto quando houver diferente indicação, o conteúdo deste site está licenciado sob a 'Creative Commons Attribution 4.0 International License'
Web Statistics